"Acompanho, com preocupação, como seguramente todos os portugueses o farão, a evolução da doença do Mário Soares, mas ainda com esperança. O doutor Mário Soares é um velho leão, não apenas da democracia, mas da vida, e seguramente ele saberá lutar até ao fim", disse hoje aos jornalistas o autarca de Sintra, falando à margem do I Encontro de Investidores da Diáspora.

Basílio Horta foi ministro do Comércio e Turismo do II Governo constitucional, em 1978, liderado pelo antigo Presidente da República, e em 1991, concorreu nas eleições presidenciais, então apoiado pelo CDS-PP, nas quais Soares foi reeleito.

"Fui ministro dele, com muita honra, fui adversário dele, é verdade, e fundamentalmente fui sempre amigo dele e sempre um cidadão reconhecido a quem tanto fez pela liberdade e pela democracia portuguesa", afirmou, recordando que Mário Soares foi o número um da sua comissão de honra da candidatura à Câmara de Sintra.

"Além de tudo, é um grande, grande amigo. A democracia tem por vezes destas coisas, as ideias, e às vezes, os momentos e as circunstâncias levam-nos a afastar, mas a amizade e aquilo que vivemos em conjunto é sempre mais forte", referiu o autarca.

O antigo Presidente da República Mário Soares tem dado "indícios de retoma do estado de consciência" e a sua situação clínica continua a evoluir favoravelmente, mas apesar desta melhoria geral, mantém-se o prognóstico reservado, informou hoje o Hospital da Cruz Vermelha.

Mário Soares, de 92 anos, está desde a madrugada de terça-feira internado no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.