Na segunda-feira, um grupo de estudantes daquela faculdade manifestou-se à porta da instituição para denunciar o estado de degradação do edifício e a falta de condições.

Face a esta situação, o BE dirigiu hoje questões ao ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, questionando se o ministério tem “conhecimento do estado de degradação do edifício e do arrastar do problema” e, ”se sim, que medidas pretende tomar para resolver o problema”.

Questiona ainda o BE se o ministério garante que a verba pré-anunciada para o setor do ensino superior e da ciência no Orçamento do Estado para 2020 “é suficiente para resolver esta e outras situações idênticas em instituições do ensino superior público”.

Segundo o BE, também em 2018 e o grupo parlamentar endereçou uma pergunta ao Governo na qual demonstrava a sua preocupação com a situação das condições materiais do edifício referindo casos de "ratos e baratas em alguns dos compartimentos, as infiltrações de água, os problemas detetados no sistema elétrico e a falta de condições climatéricas para um normal funcionamento de uma instituição”. Em resposta, foi dito que estavam em curso várias obras.

“Passado mais de um ano após a resposta do Governo, os problemas com a degradação das condições materiais desta instituição de Ensino Superior não só se manteve em alguns casos, como piorou noutros. A incapacidade de resolver um problema que se arrasta há vários anos coloca a saúde e a segurança de milhares de pessoas que, diariamente, frequentam aqueles espaços”, argumenta o BE.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.