A polícia instalou um perímetro de segurança e retirou 1.200 pessoas que estavam nas lojas, restaurantes e prédios comerciais do bairro de negócios de Wanchai.

Uma equipa do esquadrão antibombas foi enviada ao local para tentar desenterrar e desativar a bomba de 450 quilos, de fabricação americana.

A bomba foi localizada na quinta-feira, durante as obras de construção de uma nova estação de metro. Outras duas bombas similares foram encontradas em janeiro.

"As duas bombas anteriores estavam na posição horizontal, mas esta encontra-se na vertical. Dois terços da bomba estão enterrados. Temos de retirá-la parcialmente antes de começar as operações", disse Lai Ngo-yau, oficial do esquadrão antibombas.

"A bomba não é estável e devemos ser prudentes", completou.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Hong Kong foi cenário de combates violentos entre o Japão e as forças aliadas, em particular entre a invasão japonesa de dezembro de 1941 e a libertação da cidade, em 1945.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.