À agência Lusa, José Neves garantiu que a partir das 00:00 nenhuma das 12 corporações de bombeiros do distrito irá comunicar qualquer informação à ANPC.

José Neves sublinhou que todas as situações de socorro continuam a ser garantidas pelos bombeiros do distrito, adiantando não se ter registado nenhuma situação que ficasse por resolver.

"A única coisa que não estamos a fazer é dizer à Autoridade Nacional de Proteção Civil o que estamos a fazer", declarou.

O presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Castelo Branco acrescentou que os bombeiros estão a lutar por um conjunto de reivindicações que se prendem com a criação de um comando autónomo dos bombeiros, a criação de uma direção nacional que seja autónoma jurídica e financeiramente, e a criação do cartão social do bombeiro.

O Conselho Nacional da Liga dos Bombeiros Voluntários aprovou no sábado, "por unanimidade e aclamação de pé", suspender toda a informação operacional aos Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) a partir das 00:00 de domingo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.