"A Câmara Municipal de Lisboa (CML) aprovou hoje, em reunião camarária, a proposta de criação do 'Cabaz Bebé Lisboa'", informa a autarquia em comunicado enviado às redações.

Esta proposta "vai apoiar todas as famílias residentes na cidade que sejam beneficiárias do Rendimento Social de Inserção com um valor de 300€ anuais, por cada criança até aos 18 meses. Este apoio vai chegar às famílias através de um sistema de voucher digital, recarregável, trimestralmente, com 75€ por criança.

"Numa altura em que tantas famílias vivem com enormes dificuldades devido ao aumento da inflação, que compromete o acesso a bens essenciais e aumenta a fragilidade da população mais vulnerável, esta é uma importante medida da Câmara Municipal de Lisboa. Queremos apoiar as nossas famílias, que infelizmente se deparam hoje com tantos obstáculos para criar os seus filhos e para garantir que o mais importante não lhes falta", afirma o presidente da CML, Carlos Moedas.

O comunicado refere ainda que "esta medida da CML será operacionalizada no âmbito de um protocolo celebrado com a Associação Nacional de Farmácias (ANF) e com a Médicos do Mundo (MM), entidade sem fins lucrativos especialista na prestação de cuidados de saúde a populações vulneráveis".

Com este sistema, "as famílias beneficiárias poderão adquirir, nas farmácias da ANF em Lisboa, artigos de bebé, medicamentos e até vacinas que, embora não estejam incluídas no Plano Nacional de Vacinação, são, em muitos casos, recomendadas pela Sociedade de Infecciologia Pediátrica e pela Sociedade Portuguesa de Pediatria".

Segundo a autarquia, "esta proposta foi desenhada em moldes que visam garantir a dignidade das pessoas apoiadas", sendo o apoio através de vouchers "cada vez mais adotado pelas organizações internacionais em contextos de emergência, tornando os beneficiários protagonistas do seu próprio desenvolvimento, promovendo a autonomia e estimulando a escolha de melhores decisões para si e para a sua família".

É ainda explicado que o Cabaz Bebé Lisboa "conta com uma dotação global de 120.000€ (cento e vinte mil euros), enquadrando-se no conjunto de medidas de combate à inflação lançadas por este executivo para apoiar as famílias e as empresas da cidade".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.