De acordo com um comunicado divulgado, a autarquia está a preparar, com o Ministério da Educação, um plano de investimento de mais de  13 milhões de euros, dos quais 25% (3,8 milhões de euros) serão comparticipados pela câmara municipal, para as escolas básicas integradas, EB2+3 e secundárias.

Em paralelo, o executivo irá ainda investir 9,5 milhões de euros para reabilitação dos jardins-de-infância e escolas do 1º ciclo do município.

O anúncio foi feito hoje, durante uma reunião com os educadores e professores do concelho, nos jardins do Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras, onde foram apresentadas as linhas estratégicas da nova política educativa do município, para o período de 2017-2021.

De acordo com o executivo, será também alargada a oferta de creches existentes e aumentado do número de vagas na educação pré-escolar, além da criação um Centro de Ciência em Oeiras, resultado de parcerias com as Universidades com sede no concelho.

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais reafirmou que a educação é “a grande prioridade para os próximos anos”.

“Queremos ser facilitadores da vida dos professores. Queremos os melhores alunos neste concelho, portanto, temos de dar boas condições aos professores”, acrescentou.

 (Título corrigido: Câmara de Oeiras vai investir 13 milhões de euros)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.