O militante de Viana do Castelo anunciou pouco depois da intervenção de Abel Matos Santos que também desiste da candidatura à liderança, não levando a sua moção a votos, mas não declarou apoio a qualquer dos outros candidatos, pedindo "união" ao partido, mas também "juízo e prudência".

A votação das moções de estratégia global decorrerá no final da apresentação das moções, até às 02:30, no 28.º Congresso do CDS-PP, que decorre até domingo no Parque de Exposições de Aveiro.

O 28.º Congresso do CDS-PP arrancou hoje em Aveiro e termina no domingo, com a eleição do novo presidente do partido, que sucede à atual líder, Assunção Cristas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.