Em entrevista à SIC, no âmbito de uma investigação alargada que a televisão está a fazer ao caso BES, o ex-selecionador nacional, Carlos Queiroz, conta como desapareceram 800 mil euros da conta que abriu conta no ES Bankers Dubai, a filial do BES neste emirado. O dinheiro desapareceu quando o grupo financeiro entrou em colapso e Carlos Queiroz encetou então uma batalha para o recuperar. “Fiz coisas de que me envergonho”, admite.

Carlos Queiroz conseguiu provar que nunca dera ordens para que o dinheiro fosse aplicado nas empresas do GES.

A filial  do BES onde o treinador português tinha o dinheiro aplicado é, segundo a SIC, um dos epicentros do caso Espírito Santo e destino preferencial de fuga de capitais angolanos. "Membros influentes da chamada elite angolana, alguns muito próximos de José Eduardo dos Santos, escolheram o ES Bankers Dubai para aplicarem milhões de dólares", adianta a estação.

Nos dias 1, 2 e 3 de março, no Jornal da Noite da SIC, vai ser exibida a reportagem "Assalto ao Castelo" que dará a conhecer a investigação realizada pelo canal de Carnaxide.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.