As autoridades alemãs e britânicas, em colaboração com a PJ, estão à procura de indícios que possam ligar o alemão Christian Bruecker ao desaparecimento da menina britânica em 2007. As buscas devem prolongar-se por mais dois dias.

Ontem, as buscas foram suspensas por volta das 18h. No local estiveram entre 20 e 30 oficiais, acompanhados por dezenas de cães pisteiros e segundo a Sky News, a polícia britânica recolheu, no local da investigação, um conjunto de sacos que podem conter provas. Ainda não se sabe o que estará dentro dos referidos sacos.

Madeleine McCann desapareceu em 2007 de um apartamento na praia da Luz, onde estava a passar férias com os pais e os irmãos. As buscas foram desencadeadas por uma investigação da polícia alemã, que suspeita do envolvimento de um cidadão alemão, Christian Bruckner, detido no país de origem por violação, no desaparecimento da criança britânica na Praia da Luz, em Lagos, em 2007.

A polícia alemã suspeita que Christian Bruckner esteve envolvido no desaparecimento da criança, que em 2007 tinha três anos, e as pesquisas policiais incidem numa zona da barragem do Arade que terá sido frequentada pelo cidadão alemão durante a sua estada em Portugal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.