“Foram umas eleições com um resultado muito pesado e preocupante”, comentou a líder bloquista, em declarações aos jornalistas, perante o desfecho das legislativas deste domingo, em Espanha.

Com cerca de 95% dos votos, o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), liderado por Pedro Sánchez, elegeu 120 deputados, menos três do que nas eleições anteriores, enquanto o Partido Popular (PP) conseguiu 88 lugares e o Vox, de extrema-direita, 52 lugares, passando a ser a terceira força política.

Ainda assim, Catarina Martins, que falava numa visita à Escola Secundária José Afonso, no Seixal, no distrito de Setúbal, mostrou esperança de que seja possível ultrapassar o impasse político no país vizinho.

“Esperamos que seja possível encontrar uma solução de Governo em Espanha que puxe pelo país, pelas condições concretas. Espanha sofreu muito nos últimos anos com a austeridade”, frisou.

As eleições de domingo foram convocadas em setembro pelo Rei de Espanha, depois de constatar que o primeiro-ministro socialista em funções, Pedro Sánchez, não conseguiu reunir os apoios suficientes para voltar a ser investido no lugar na sequência das eleições de abril.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.