Estamos todos fartos do futebol que deixou de ser futebol.

Estamos todos tristes com as discussões estéreis e histriónicas que nos rodeiam e pouco ou nada têm a ver com o que se passa nas quatro linhas.

Mas não nos esquecemos da razão porque gostamos de futebol. E gostamos de futebol porque nos faz sentir parte de um grupo, porque nos permite gritar de alegria e chorar de tristeza sabendo que, ainda assim, é apenas um jogo. Ou, usando uma expressão muito ouvida nos últimos tempos, que "o futebol é a coisa mais importante das coisas menos importantes".

"Chegámos Lá, Cambada" é um documentário em oito episódios sobre futebol e sobre um país, Portugal, que gosta de futebol e que mudou com o futebol. Sobre as histórias de que já poucos se lembram aos momentos que ninguém esquece.

Exemplos?

"Não há português que não se lembre de Marc Batta!", diz Rui Dias, jornalista do jornal Record e um dos entrevistados para este documentário. Não? E você, lembra-se?

A resposta provavelmente dependerá de uma só coisa: é mais ou menos intensamente apaixonado por futebol.

Mas, numa e noutra, não se esquecerá daquele momento em 2000 em que o país parou para ver Portugal jogar - e perder - frente à França. Ou, quatro anos mais tarde, do momento eletrizante em que um guarda-redes chamado Ricardo tirou as luvas, defendeu um penalti frente à Inglaterra e a seguir marcou um golo que daria a vitória a Portugal nesse jogo do Euro 2004. "Era o Ricardo a ser Ricardo", sumariza Nuno Gomes. E, de certa maneira, era Portugal a ser Portugal.

Porque é que nos lembramos destes momentos? Porque mais do que ganhar ou perder, esses são momentos em nos sentimos parte de qualquer coisa que nos ultrapassa. Momentos em que sem pensarmos sequer nisso estamos juntos porque partilhamos uma mesma história de esforço, de frustração e também de sucesso.

O futebol diz tudo da história do país nos últimos 30 anos?

Não.

Mas diz muito e ajuda-nos a perceber como o país mudou e como uma equipa nacional nos coloca em frente ao espelho  - ou, se quisermos, no divã.

"Chegámos Lá, Cambada" é sobre futebol. E é sobre psicologia. E liderança. E hábitos e costumes. E emigração. E política. E, até, sobre cinema.

É uma história que tem um pouco de todos nós, mesmo os que garantem a pé juntos que o futebol não interessa para nada.

Chegámos lá? No futebol, sim chegámos lá em 2016. Somos campeões europeus de futebol, algo nunca conseguido até aí.

Mas, no futebol, como no país, temos muito mais aonde chegar - e é por isso que vale a pena esta viagem ao que somos e ao que nos faz mudar.

Este é o primeiro documentário produzido pela MadreMedia e com distribuição na rede SAPO e no Meo, estando todos os episódios e conteúdos relacionados disponíveis no SAPO24, site de informação do Portal SAPO.

Junte-se a nós nesta viagem - e de certeza que vai encontrar um pouco da sua história neste caminho.

Trailer:

https://24.sapo.pt/#vhs-DLBhiYZoNVkH9UKhQ6MT

EP 1 - Satillo não nos deixou sonhar - Parte 1

https://24.sapo.pt/#vhs-WEeip0pAy2K2Y86og3Ca

EP 1 - Saltillo não nos deixou sonhar - Parte 2

https://24.sapo.pt/#vhs-WEeip0pAy2K2Y86og3Ca

EP 2 - Geração de Ouro, o futuro chegou

https://24.sapo.pt/#vhs-WEeip0pAy2K2Y86og3Ca

EP 3 - Provavelmente a melhor seleção de sempre

Estreia dia 29 de maio

Contribuíram neste documentário:

Herman José (humorista), Pedro Adão e Silva (sociólogo e autor do livro "Deixem-nos sonhar"), Nuno Matos e Alexandre Afonso (jornalistas da Antena 1), Nuno Gomes (ex-futebolista) , Toni (ex-futebolista e treinador de futebol),  Rui Jorge (ex-futebolista e selecionador nacional de sub-21), Jorge Andrade (ex-futebolista), Afonso Melo (responsável de comunicação da Federação Portuguesa de Futebol no Euro2004), Vítor Serpa (diretor do jornal A Bola),  António Pedro Vasconcelos (cineasta), Rui Dias (jornalista do jornal Record), Carlos Daniel (jornalista da RTP), Raquel Vaz Pinto (professora universitária e autor do livro "Para além dos relvados"), Tim Vieira (empresário), Samuel Úria (músico) e Camilo Lourenço (jornalista)

Ficha técnica:

Nome: "Chegámos Lá, Cambada"

Género: Documentário | 8 episódios

Direção editorial: Rute Sousa Vasco

Capitão de equipa: João Dinis

Jornalistas: Abílio dos Reis, Miguel Morgado, Tomás Gomes

Produção editorial: Rita Pinto Coelho

Edição: Pedro Santos, Nuno Chaby

Videografismo: NT Design

Realização: Paulo Rascão

Ideia, guião e produção: MadreMedia

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.