O país asiático elevou assim para 11 o número de novos casos registados desde o início do mês.

Não há registo de vítimas mortais até às 23:59 de quarta-feira (16:59 em Lisboa) na China, disseram as autoridades.

O número de infetados ativos no país fixou-se assim em 295, depois de 46 pessoas terem tido alta, nas últimas 24 horas.

Desde o início da epidemia, a China registou 82.885 infetados e 4.633 mortos devido à covid-19. Até ao momento, 77.957 pessoas tiveram alta.

As autoridades chinesas referiram que 735.737 pessoas que tiveram contacto próximo com infetados estiveram sob vigilância médica na China, entre as quais 6.537 permanecem sob observação.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 260 mil mortos e infetou cerca de 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.