Segundo o El País, a força da água causou inundações, carros foram arrastados e centenas de pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas. Os danos materiais ainda estão a ser quantificados no sudeste espanhol.

No início da manhã desta sexta-feira, 13 de setembro, cerca de 500 pessoas foram retiradas de casa.

Nesta madrugada, um homem foi retirado já sem vida de um túnel inundado, onde ficou preso com o seu carro. A escuridão e a encosta íngreme do túnel impediram que o condutor percebessem a grande quantidade de água dentro da passagem subterrânea.

Um polícia conseguiu salvar duas outras pessoas que se encontravam na viatura, mas um dos ocupantes ficou encarcerado no automóvel, disse o presidente da Câmara de Almeria, Ramon Fernandez-Pacheco, à rádio Cadena Ser.

Na quinta-feira, dois irmãos morreram em Caudete (Albacete) quando o seu veículo foi arrastado pela corrente.

Na noite de ontem foi declarado o estado de emergência nível 2, tendo o governo regional solicitado ajuda da Unidade Militar de Emergência.

As chuvas também já levaram ao encerramento do aeroporto de Almeria, na Andaluzia, devido à condição das estradas e ao consequente difícil acesso às instalações.

De igual modo, foram suspensas as atividades escolares na capital de Almeria e noutros municípios vizinhos e as autoridades desaconselharam os habitantes de conduzir.

(Notícia atualizada às 10h31)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.