Segundo um comunicado da PJ, a detenção ocorreu no âmbito de uma investigação desenvolvida em colaboração com as autoridades policiais de um outro país europeu (não revelado), para identificação de pessoas suspeitas de introduzirem quantidades significativas de drogas ilícitas em território nacional, designadamente ecstasy.

Na sequência das diligências da PJ foram apreendidos 2.500 comprimidos de ecstasy.

O detido, um homem de 24 anos, foi submetido a interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

As investigações prosseguem a cargo da PJ.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.