“Há três bombeiros feridos, vítimas de inalação de fumos e de exaustão. São situações sem gravidade. Um desses bombeiros tem, contudo, um problema cardíaco e foi ao hospital”.

Dos restantes cinco feridos (são oito no total), que pertencem aos sapadores da AFOELCA – Prevenção e combate a incêndios florestais – dois estão em estado grave e os outros são considerados ligeiros.

Os dois graves e um dos ligeiros serão transportados para unidades de queimados de Lisboa e Porto, disse a autarca.

A Linha da Beira Baixa, que atravessa aquela região, está cortada, disse também a responsável, em declarações à Lusa às 16:15.

“O incêndio está em conclusão. Não há casas, não houve ameaças em casas. Apenas a registar um anexo agrícola queimado, que se presume que nem tinha utilização”.

Segundo a página da internet da Proteção Civil, este incêndio encontra-se "em resolução", sendo combatido por 188 operacionais, apoiados por 54 viaturas e dois meios aéreos.

O incêndio andou nas proximidades de Crucifixo, não havendo, no entanto, registo de casas em perigo, acrescentou a autarca.

A AFOCELCA, um Agrupamento Complementar de Empresas, foi criada em 2002 pela união de esforços entre as empresas Aliança Florestal (Grupo Portucel-Soporcel), Celbi (Stora-Enso), e Silvicaima (Caima), mantendo-se atualmente do grupo The Navigator Company e do grupo ALTRI.

Tomar: Duas estradas cortadas devido a incêndio

O incêndio que lavra desde as 12:02 em Portela, na freguesia de S. Pedro de Tomar, obrigou ao corte das estradas que ligam a Linhaceira à Asseiceira e Santa Cita à Linhaceira, disse à Lusa a presidente da Câmara.

A presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas, que participou no ‘breefing’ realizado ao início da tarde no posto de comando, disse à Lusa que o incêndio está a ser combatido por 120 operacionais, 45 viaturas e sete meios aéreos.

A autarca afirmou que não há habitações em risco, tendo sido posicionados meios junto de pavilhões agrícolas.

[Notícia atualizada às 16h39]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.