Depois da condenação judicial do Partido Popular (PP) por beneficiar de uma rede de financiamento ilegal, o Ciudadanos pediu a Rajoy que convoque eleições "nas próximas semanas", disse à imprensa o secretário-geral e número dois do partido, José Manuel Villegas.

Declarou, porém, que o partido se vai opor à moção de censura promovida pelos socialistas para substituir o governo do PP de Rajoy.

"A moção apresentada por Sánchez, supomos que com o apoio de populistas e separatistas, não é a moção do Ciudadanos, não vamos estar lá. Vamos opor-nos a essa moção", afirmou Villegas.

Sem o apoio do Ciudadanos para avançar no Parlamento, a moção do Partido Socialista precisará do apoio da esquerda radical Podemos, que já antecipou ser a favor.

Caso Rajoy negue a convocação, o partido irá pedir no Parlamento que este antecipe as eleições.

Liderado por Pedro Sánchez, o Partido Socialista apresentou a moção de censura esta sexta-feira na Câmara baixa do Parlamento, um dia depois das condenações do chamado "caso Gürtel".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.