De acordo com uma comunicação da CNE enviada hoje à Lusa pelo Bloco de Esquerda de Penafiel, imagens enviadas àquele organismo por aquele partido indicam ter havido cartazes, no período eleitoral, que divulgavam "a realização de diversas obras" por parte da autarquia.

Segundo a CNE, "tais cartazes são suscetíveis de configurar uma forma de publicidade institucional proibida", o que não é permitido de acordo com a lei.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.