“O processo de votação está a decorrer num clima muito calmo, transparente e sem sobressaltos. Nós abrimos as meses em todo o país a partir da 07:00 e como podem constatar o ambiente é bom, estamos satisfeitos”, afirmou José Pedro Sambú.

José Pedro Sambu disse que há algumas questões de operacionalidade para serem resolvidos, mas que a Comissão Nacional de Eleições já esta a tratar do assunto.

Mais de 761 mil eleitores guineenses foram hoje chamados às urnas para eleger o novo parlamento do país entre candidatos apresentados por 21 partidos políticos.

As urnas encerram às 17:00.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.