Passámos os dois primeiros dias da nova legislatura europeia, a nona, a gravar um vídeo com os eurodeputados que os portugueses elegeram para os representar no Parlamento Europeu nos próximos cinco anos.

As gravações foram feitas ao longo dos dias 2 e 3 de julho, em Estrasburgo, no primeiro e segundo dia das sessões parlamentares, e a campainha que de tempos a tempos se faz ouvir é o toque que indica o início das sessões plenárias.

Dos 21, apenas cinco deputados, todos do Partido Socialista, não se mostraram disponíveis para responder às dez questões colocadas, iguais para todos, e que vão desde as alterações climáticas à necessidade ou não de um exército europeu, passando por irritações pessoais.

Os vídeos (imagem e som) foram gravados com a ajuda da Unidade de Audiovisual que o Parlamento Europeu tem à disposição dos órgãos de comunicação, tendo a edição ficado a cargo do SAPO24.

Para ler as respostas completas dos eurodeputados às dez questões clique aqui.

Estas são as dez questões:

1 - Num mundo ideal, os cidadãos teriam de pagar em impostos um quarto do salário que recebem?

2 - Se tivesse de escolher, e tem mesmo de optar, a União Europeia devia fazer uma aliança comercial com a China ou com os Estados Unidos?

3 - Acredita que é possível travar as alterações climáticas na legislatura europeia que agora começa?

4 - Nos Censos de 2021 o INE devia ou não incluir uma pergunta sobre a origem étnica, as raízes, das pessoas?

5 - A União Europeia deve ter um exército próprio?

6 - Se não é o presidente que manda nisto tudo, e dizem-nos que não é, o que está a tornar tão difícil chegar a um consenso sobre quem serão os presidentes das diversas instituições da União Europeia?

7 - Qual foi a primeira coisa que fez quando chegou a Estrasburgo?

8 - Descreva a última vez que se irritou.

9 - Tem alguma comida de conforto?

10 - Alguém merece ter cem milhões de euros?

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.