De acordo com uma nota de imprensa do Sindicato Democrático dos Trabalhadores dos Correios, Telecomunicações, Media e Serviços (SINDETELCO), filiado na UGT, foi entregue no dia 5 de dezembro um pré-aviso de greve para os dias 21 e 22 de dezembro "pela Reversão da Privatização dos CTT, pela Defesa dos Postos de Trabalho, Por Melhores Condições de Trabalho".

O cumprimento do Acordo de Empresa (AE) e um sistema de avaliação justo e transparente são outras das reivindicações que estão na origem do conflito laboral.

O Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, filiado na CGTP, também marcou greve para os dois últimos dias úteis antes do Natal pelos mesmos motivos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.