Em nota à imprensa, a autoridade informa que "as 529 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da região nas últimas 24 horas não revelaram novos casos positivos de covid-19" e "registaram-se duas recuperações de infeção por SARS-CoV-2", que correspondem a dois homens, com "38 e 43 anos de idade, residentes na ilha do Faial".

A Autoridade de Saúde açoriana adianta ainda que "o segundo teste laboratorial" realizado ao caso diagnosticado na segunda-feira, na ilha de São Miguel, referente a uma mulher, de 40 anos de idade, "teve resultado negativo", mas "uma vez que o coronavírus SARS-CoV-2 apresenta um comportamento oscilatório, foram adotadas as medidas preventivas adequadas e será feito novo teste dentro de 48 horas".

Na segunda-feira, a Autoridade de Saúde dos Açores tinha adiantado que o novo caso positivo de covid-19 na ilha de São Miguel tinha sido detetado "no âmbito do rastreio organizado às unidades escolares".

"O caso diagnosticado na ilha de São Miguel reporta-se a um indivíduo do sexo feminino, de 40 anos de idade, testado para despiste de infeção por SARS-CoV-2 no âmbito do rastreio organizado às unidades escolares, estando em curso o inquérito epidemiológico para aferir o contexto do seu surgimento", sublinhava a entidade.

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 146 casos de infeção, verificando-se 110 recuperados, 16 óbitos e 20 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, destes, 16 em São Miguel, um na Graciosa e três no Pico.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 318 mil mortos e infetou mais de 4,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,7 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.247 pessoas das 29.432 confirmadas como infetadas, e há 6.431 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.