A Europa inicia hoje uma nova fase do seu desconfinamento, no dia em que a Organização Mundial de Saúde se reúne para debater a pandemia, que já fez mais de de 313.500 mortos em todo o mundo.

Mais de 4,6 milhões de pessoas foram infetadas em 196 países e territórios e mais de 1,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Grécia

A Grécia entrou hoje na terceira fase da flexibilização do confinamento com o levantamento das restrições de viagens ao interior do país, a abertura de grandes superfícies comerciais, bem como o retorno às aulas de estudantes do ensino médio.

Também hoje reabriram sítios arqueológicos e zoológicos, além de ginásios e centros desportivos.

A Acrópole de Atenas, monumento emblemático da antiguidade, reabriu para alguns raros visitantes na manhã de hoje, sob um calor intenso, na presença da Presidente grega, Katerina Sakellaropoulou, dois meses após o encerramento dos sítios arqueológicos da Grécia devido à pandemia.

"Nunca vimos tão poucas pessoas na Acrópole, é como se tivéssemos uma visita particular", disse uma cidadã russa à agência de notícias AFP, que se deslocou ao monumento com o marido assim que o local foi aberto. O casal russo vive em Atenas há cinco anos.

As autoridades de saúde gregas também decidiram antecipar a abertura de restaurantes, bares e cafés ao ar livre para a próxima segunda-feira, inicialmente planeada para 01 de junho.

Todas as viagens em transporte público estão sujeitas ao uso de máscaras e uma série de restrições adicionais, como 50% de ocupação no caso de autocarro e ‘ferries’. A retomada da frequência dos voos será muito gradual, principalmente para os destinos internacionais.

A Grécia registou 2.800 casos de covid-19 e 164 mortes.

Itália

A Basílica de São Pedro, na Cidade do Vaticano, abriu as suas portas ao público hoje pela manhã, um símbolo do retorno à relativa normalidade em Itália, onde a flexibilização do confinamento entra em sua segunda fase.

Na presença de inúmeros polícias que usavam luvas e máscaras, um punhado de visitantes, seguindo as marcações no solo para respeitar uma distância mínima de 1,5 metros, entraram na basílica depois de medirem a temperatura e desinfetarem as mãos com álcool gel, segundo a AFP.

Sob a enorme cúpula da Basílica, os visitantes podiam ser contados pelos dedos de uma mão, alguns reunidos em oração de joelhos diante do túmulo do falecido Papa João Paulo II.

Em Itália (31.908 mortos, mais de 225 mil casos), a partir de hoje é permitido abrir quase todas as lojas, praias, restaurantes, cafés, esplanadas, hotéis, cabeleireiros e centros de beleza e livre circulação na região, sem limitações.

O Governo italiano chegou no fim de semana a acordo com as regiões para reabrir quase completamente as atividades comerciais no país e, agora, serão os presidentes regionais que decidirão e serão responsáveis pelas reaberturas.

Ginásios, centros desportivos e piscinas serão abertos a partir de 25 de maio e teatros e cinemas a partir de 15 de junho.

Até 02 de junho de 2020, é proibido viajar com meios de transporte públicos e privados em uma região diferente da qual a pessoa reside, bem como ao estrangeiro, exceto por necessidades comprovadas de trabalho, de absoluta urgência ou por razões de saúde.

No momento, algumas regiões como Lombardia, Piemonte e Campânia atrasaram a abertura de restaurantes para permitir que os proprietários ajustem-se às medidas necessárias.

Irlanda

A Irlanda (com mais 24 mil casos e 1.543 mortes) começou hoje a flexibilizar as medidas de contenção adotadas no final de março para combater a disseminação do novo coronavírus, autorizando a reabertura de determinadas lojas e o retorno ao trabalho de parte dos funcionários.

Centros de jardinagem, lojas de ferragens e mercados de agricultores estão mais uma vez autorizados a retomar suas atividades, enquanto trabalhadores que praticam a sua atividade no exterior, como trabalhadores da construção civil ou jardineiros, retornam ao trabalho.

Agora campos de futebol, quadras de ténis e campos de golfe podem reabrir, desde que sejam respeitadas as medidas de distanciamento social. Os irlandeses também podem encontrar familiares e amigos para pequenas reuniões ao ar livre.

O levantamento gradual do confinamento (introduzido em 28 de março) deve estender-se por vários meses, até agosto.

República Checa

A República Checa saiu hoje do estado de emergência, decretado em 12 de março devido à pandemia, mas manterá restrições por mais uma semana, após a qual as máscaras não serão obrigatórias nas ruas e serão abertos restaurantes e hotéis, além de piscinas.

A companhia aérea checa CSA retomou hoje três conexões - com Amsterdão, Frankfurt (Alemanha) e Paris -, assim já são cinco empresas que operam no aeroporto internacional de Praga.

A partir de 25 de maio, o uso da máscara em espaços públicos ao ar livre deixa de ser obrigatório, embora continue a ser um requisito essencial em locais como transporte público e lojas, bem como em restaurantes.

As atividades em estabelecimentos noturnos serão proibidas das 23:00 às 06:00. Dentro de uma semana, serão permitidos eventos com até 300 pessoas, um limite que aumenta para 500 e mil entre 08 e 22 de junho, respetivamente.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.