Na sexta-feira, os novos contágios confirmados tinham atingido 18.681.

Os especialistas advertem, no entanto, que os números atuais não podem ser diretamente comparados com os do início da pandemia, porque o número de testes realizados aumentou consideravelmente.

Na Alemanha, registaram-se 518.773 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, das quais 10.452 pessoas morreram e 351.127 superaram a doença.

O fator de reprodução efetiva da doença (R), de acordo com o RKI, é atualmente de 1,06, o que significa que cada pessoa infetada contagia uma média de 1,06 pessoas.

A partir de segunda-feira, uma série de novas restrições entra em vigor no país, incluindo o encerramento de restaurantes, bares, teatros, cinemas, museus e ginásios.

Além destas, o conjunto de medidas impõe que os grupos que se reúnam na via pública não podem incluir pessoas de mais de duas famílias.

Os membros de uma família são definidos como aqueles que vivem debaixo do mesmo teto.

O plano prevê que as medidas funcionem até ao final de novembro, mas não exclui a possibilidade de terem de ser prolongadas.

Durante a semana anterior, a incidência de 100 novas infeções por semana por 100.000 habitantes foi ultrapassada em toda a Alemanha.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.