A dar a cara por essa campanha estão figuras públicas e ‘figuras líderes’ nos bairros.

Segundo uma nota do gabinete da vereadora da Câmara de Lisboa com o pelouro da Habitação, Paula Marques (Cidadãos por Lisboa, eleita nas listas do PS), o objetivo da campanha é “mobilizar os mais jovens para a adoção de comportamentos de segurança e para o seu papel enquanto agentes ativos no combate à propagação da covid-19”.

Assim, algumas figuras pública e ‘figuras líderes’ dos bairros municipais aceitaram o desafio lançado pela Gebalis para a realização da campanha digital “Por ti e pelos outros” e fizeram um vídeo sobre a atual situação de pandemia.

Participam no vídeo, que será divulgado nas redes sociais e ‘sites’ e disponibilizado às Juntas de Freguesia, Ivo Canelas (ator), Dino D’Santiago (músico), Estraca (músico, Alta de Lisboa), RAF (street art, Alta de Lisboa), LS (street art,-Bairro Alfinetes), Denise (mediadora comunitária) , Mauro (Associação de Moradores PER 11, Alta Lisboa), Fifó (jogadora de futsal do SLB, Bairro Padre Cruz), Anabela (Associação de Moradores do Bairro da Boavista), Bina Achoca (mediadora comunitária) e Rochinha (morador).

“Apesar de parecer que estamos a voltar a uma normalidade, a uma falsa normalidade, ainda continua a morrer muita gente, ainda continuam a existir muitos infetados com covid-19”, diz o músico Estraca no vídeo.

Pela Associação de Moradores PER 11, Mauro avisa que “as coisas para melhorarem" é preciso "mais atenção”, enquanto Rocinha pede para todos lavarem as mãos e a jogadora de futsal Fifó para continuarem a usar máscara.

O aviso deixado pela mediadora comunitária é para que se evitem aglomerações, “como festas e estar com muitos amigos”.

“A Gebalis direcionou a sua atuação para uma ação de sensibilização, influenciando a população a não descurar os cuidados primários de saúde no geral e apelando ao cumprimento das regras de segurança e distanciamento nos momentos de convívio e interação, em particular”, lê-se na nota do gabinete da vereadora Paula Marques.

A campanha irá também incluir a distribuição pela população de informação impressa, em colaboração com as Juntas de Freguesias, “abordando os diferentes cuidados a ter nesta fase sanitária, em termos de distanciamento social, uso de máscaras, comportamentos em transportes públicos e reuniões de pessoas”, é ainda referido na nota.

A pandemia de covid-19 já provocou quase 482 mil mortos e infetou mais de 9,45 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.549 pessoas das 40.415 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.