"Nestes meses de julho e agosto, aguardamos a chegada dos nossos emigrantes, com sentido de responsabilidade reforçado, atendendo que a maioria da nossa população integra o grupo de risco", refere o presidente deste município do distrito de Castelo Branco.

O autarca deixa um apelo: "Regresse em segurança ao concelho de Proença-a-Nova".

"Tanto a autarquia, como os agentes económicos do concelho, alojamentos locais, empreendimentos turísticos e restaurantes, têm de forma continuada realizado ações para se adaptarem a esta nova realidade que nos obriga a mantermos vigilância apertada sem deixarmos de usufruir dos nossos recursos naturais e património construído", explica.

João Lobo sublinha que o Ministério dos Negócios Estrangeiros emitiu um conjunto de conselhos para que esse regresso seja feito em segurança para todos e sugere que, antes de iniciar viagem, seja consultado o Posto Consular da área de residência.

Pede ainda que sejam consultadas as recomendações da Direção Geral da Saúde em "https://covid19.min-saude.pt/", tais como a adoção de medidas de higiene e etiqueta respiratória que têm como objetivo reduzir a exposição e transmissão da doença.

"A recomendação das autoridades é para que seja privilegiado o recurso à via aérea para as viagens a Portugal, apesar de a grande maioria, no caso do concelho de Proença-a-Nova, chegar por via terrestre", lê-se na nota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.