Os desfiles e festejos do Carnaval de Torres Vedras deste ano foram cancelados pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia de covid-19, anunciaram hoje a Câmara e a empresa municipal Promotores, os organizadores do evento.

Em comunicado, a autarquia relembra que, "em 2021, esta celebração foi cancelada a bem da saúde de todos" e que "em 2022, a realidade é diferente, é certo, mas continua a ser inviável, no contexto pandémico em que vivemos, realizar a festa na rua, com a proximidade e espontaneidade que é um traço de identidade do 'Carnaval mais português de Portugal'".

O Carnaval de Torres Vedras, que remonta a 1930, também não se realizou em 1984 devido às cheias ocorridas meses antes na cidade, o que voltou a acontecer em 2021 devido à pandemia de covid-19.

A autarquia apela ainda a que, tal como em 2021, os torrienses cumpram "as indicações das autoridades de saúde, adotando uma postura de responsabilidade para proteção de toda a comunidade".

Por edição, o Carnaval de Torres Vedras recebe cerca de meio milhão de visitantes durante os seis dias do evento e gera receitas de 10 milhões de euros na economia local.

Desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020, Torres Vedras, no distrito de Lisboa, regista 12.012 casos confirmados de infeção por covid-19, dos quais 2.022 estão ativos, 9.793 recuperaram e 197 morreram.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.