Segundo David Rodrigues, a reabertura está agora agendada para 01 de junho.

“Uma funcionária acusou positivo e decidimos colocar todos os restantes em isolamento profilático, adiando a reabertura da creche”, referiu.

Acrescentou que, antes da reabertura, todos os funcionários serão de novo testados para que o regresso à atividade seja feito “com toda a segurança”.

“O objetivo é evitar ao máximo todo e qualquer foco de contágio”, sublinhou.

De acordo com David Rodrigues, a creche acolhe cerca de 80 crianças, mas hoje só regressaria “um número muito residual”.

“Não chegariam à meia dúzia”, disse.

Portugal entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

O Governo aprovou na sexta-feira novas medidas que entram hoje em vigor, entre as quais a retoma das visitas aos utentes dos lares de idosos, a reabertura das creches, aulas presenciais para os 11.º e 12.º anos e a reabertura de algumas lojas de rua, cafés, restaurantes, museus, monumentos e palácios.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.