De acordo com um comunicado da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, os idosos dos centros de dia do concelho vão permanecer no atual regime de apoio domiciliário prestado pelas instituições para "garantir a segurança deste grupo vulnerável e dos funcionários”.

“Dado não ser possível assegurar todos os critérios indicados pelo guia da Direção-Geral da Saúde para a reabertura dos centros de dia, estes espaços vão continuar encerrados”, lê-se no comunicado.

A reabertura dos centros de dia das Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) foi adiada por “não estarem reunidas condições” para cumprir “pelo menos dois dos três critérios definidos no guia” divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

“Na análise à reabertura dos centros de dia das ERPI considerou-se que não estão reunidas as condições para a reabertura dos mesmos, dado as instituições do concelho não cumprirem pelo menos dois dos três critérios definidos no guia da DGS: transporte, recursos humanos e estrutura física”, justificou a autarquia.

Segundo o município, as IPSS “não conseguem efetuar o transporte dos utentes nos moldes previstos pela DGS, por vezes têm falta de pessoal (o que dificulta a constituição de equipas distintas para acompanhamento de diferentes grupos) e os edifícios nem sempre permitem a acomodação de todos os utentes respeitando o necessário distanciamento físico”.

A decisão da delegada de saúde pública de Alcácer do Sal, Tamara Prokopenko, foi validada pelo serviço de proteção civil e teve “o acordo das estruturas residenciais”, numa reunião do grupo de trabalho da Comissão Municipal de Proteção Civil para acompanhamento da evolução da covid-19 neste concelho do litoral alentejano.

O concelho de Alcácer do Sal regista esta quinta-feira um total de 29 casos positivos de infeção por covid-19, 22 deles com origem num surto na zona da Comporta.

Portugal contabiliza pelo menos 1.809 mortos associados à covid-19 em 56.673 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.