“Neste momento estamos a fazer um esforço por repor todas as faltas que possam existir pontualmente, aqui ou acolá, quer nas farmácias, quer nos laboratórios, quer em todas as instituições que fazem testes”, declarou aos jornalistas o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, à margem de uma visita ao centro de vacinação de Gondomar (Porto).

António Lacerda Sales declarou que Portugal vai chegar ao Natal toda a gente a poder testar-se.

“Garantidamente que chegaremos à época de Natal com tranquilidade e serenidade para que todas as pessoas se possam testar”, disse.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde aproveitou ainda para fazer um apelo aos portugueses para fazerem testes rápidos e auto testes nesta época festiva, tanto no Natal, como na passagem de ano, para que possam fazer testes rápidos, fazer auto testes.

“É muito importante que façam testes”, aconselhou, recordando que além dos testes as máscaras também devem continuar a ser usadas.

Questionado sobre a falta de testes nas farmácias, Lacerda disse que Portugal está com um média diária superior neste momento a 140 mil testes diários.

“Temos mais de 23,4 milhões de testes efetuados no país, houve dias em que já vacinamos mais de 190 mil pessoas — a 10 de dezembro -, portanto, estamos a fazer um esforço enorme de testagem. É evidente que, às vezes pontualmente, em determinados períodos, pode haver dificuldades de mercado. Estamos a fazer um esforço”, concluiu.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde anunciou hoje que as crianças dos 9 aos 11 anos que não têm autoagendamento para a vacina da covid-19 vão poder vacinar-se esta tarde nos centros de vacinação do país e apelou aos médicos pediatras e de medicina geral e familiar para se envolverem no esclarecimento dos pais sobre a vacinação das crianças e ajudarem a construir o “capital de confiança”.

“Como profissional de saúde, a todos os pediatras e a todos os médicos de medicina geral e familiar, a todos os profissionais de saúde com competência nesta matéria, fazer um apelo para que se envolvam neste processo [da vacinação das crianças]”, disse aos jornalistas o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, à margem de uma visita ao centro de vacinação de Gondomar (Porto).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.