A mulher encontra-se atualmente num hospital de Tessalónica, segunda cidade grega no norte do país, e está “de boa saúde”, indicou o porta-voz do ministério, Sotiris Tsiordas, numa conferência de imprensa, citado por media locais.

“A mulher está de boa saúde num hospital de Tessalónica, é seguida por um grupo de médicos de alto nível”, indicou o porta-voz, citado pela televisão pública, adiantando que “os seus familiares ficarão em quarentena”.

Sotiris Tsiordas alertou que “todos os que viajaram para o norte de Itália devem ficar vigilantes e em caso de sintomas devem permanecer em casa e informar os serviços de saúde”.

O anúncio acontece numa altura em que o vírus Covid-19 continua em alta em Itália, o país mais afetado na Europa pelo coronavírus.

O governo grego fez nos últimos dias uma série de recomendações em caso do aparecimento do coronavírus, que vão do encerramento de escolas a restrições de viagem para certos países.

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de pelo menos 2.763 mortos e cerca de 81 mil infetados, de acordo com dados reportados por mais de 40 países e territórios.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.