“Ninguém pode entrar ou sair até que as autoridades verifiquem com quem [a rececionista] esteve em contacto”, disse uma porta-voz do governo do Tirol, acrescentando que a residência da mulher, na mesma cidade, também foi isolada.

A porta-voz recusou-se a identificar o hotel em causa, mas a comunicação social austríaca refere o Grand Hotel Europa, com 108 quartos, no centro da cidade.

A italiana e a sua companheira, também italiana, foram colocadas em quarentena num hospital da cidade, onde foram diagnosticadas com o novo coronavírus, segundo o diretor da clínica universitária de medicina interna de Innsbruck, Günther Weiss.

Estes são os dois primeiros casos de coronavírus no país.

Ambas com 24 anos, as duas jovens viajaram de carro na sexta-feira da Lombardia, de onde são, para a Áustria.

A Lombardia é uma das regiões italianas mais afetadas pela epidemia.

As duas mulheres entraram em contacto com os serviços de saúde após se aperceberem de que tinham febre, explicou o diretor da clínica.

O coronavírus Covid-19 surgiu em dezembro em Hubei, no centro da China, e já provocou a morte de 2.705 mortes e cerca de 80.000 infetados em dezenas de países.

Além de 2.665 mortos na China, onde o surto começou no final do ano, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.