Angelo Borrelli explicou que ocorreram duas mortes nas últimas 24 horas, mas estava a aguardar os resultados do Instituto Superior de Saúde para confirmá-lo oficialmente.

O responsável da Proteção Civil disse ainda que a Lombardia, na região mais afetada, foram registados 305 casos positivos e destes 37 pessoas já estão curadas, apresentando duas vezes teste negativo para o vírus como manda o protocolo.

O restante dos infetados estão distribuído pelas regiões do Vêneto (98), Emília Romanha (97), Ligúria (11), Marcas (2), Lácio (3), Sicília (3), Toscana (3), Campânia (2), Piemonte (2), Trentino Alto Adige (1) e um primeiro caso também foi registado em Abruzzo, uma pessoa que esteve Lombardia.

O responsável da Proteção Civil especificou que a maioria está em isolamento em casa, enquanto 159 estão internados e 37 estão internados em unidades de cuidados intensivos.

Na quarta-feira foi noticiado que os três casos registados no início de fevereiro no Lácio, dois turistas chineses e um investigador retirado de Wuhan, também estavam curados.

Diante deste surto de coronavírus na Itália, a Proteção Civil está a contar com cerca de 774 pessoas para administrar esta situação de emergência e também tem 800 voluntários.

A temperatura corporal foi medida a três milhões de passageiros nos aeroportos e cerca de 100.000 nos portos.

A epidemia do coronavírus Covid-19 já causou cerca de 2.800 mortos e infetou cerca de 82.000 pessoas, de acordo com dados reportados por 48 países e territórios.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.