Segundo Clélio Meneses, a partir de terça-feira “deixam de existir testes interilhas a partir de São Miguel”.

Contudo, a medida “pode ser alterada de acordo com a evolução da pandemia” de covid-19, acrescentou.

Desde 19 de dezembro, que os passageiros que se deslocavam de São Miguel para as outras ilhas dos Açores são obrigados a realizar teste de despiste de infeção pelo novo coronavírus antes da viagem.

na conferência de imprensa para atualizar as medidas de combate à pandemia no arquipélago, na cidade da Horta, ilha do Faial, onde decorrem os trabalhos plenários da Assembleia Regional, o responsável fez ainda uma atualização sobre o processo de vacinação contra a covid-19 nos Açores.

Na próxima segunda-feira, adiantou, irão chegar aos Açores 5.850 doses da vacina da Pfizer e, na terça-feira, chegarão 8.500 doses da vacina da AstraZeneca.

Neste momento, a vacina contra a covid-19 já foi administrada a 332 pessoas no Corvo, 294 nas Flores, 834 no Faial, 1.260 no Pico, 702 em São Jorge, 420 na Graciosa, 3.030 na Terceira, 4.584 em São Miguel e 744 em Santa Maria.

“Com a primeira inoculação temos já vacinados 12.204 açorianos, com a segunda inoculação estão já vacinados 6.858 açorianos”, disse.

O secretário da Saúde enalteceu ainda o “comportamento cívico” dos açorianos para o controlo da pandemia na região, mas alertou que é necessário ter “consciência de que, de um momento para o outro, tudo pode ser posto em causa”.

Referindo-se ao facto de nas últimas 24 horas não ter havido registo de novos casos de covid-19 no arquipélago, Clélio Meneses considerou que é um dia para “respirar fundo”, mas também para ganhar “força para os dias que aí vêm”.

“Os resultados que têm sido alcançados devem-se fundamentalmente ao esforço de todos os envolvidos neste processo”, afirmou.

A Autoridade de Saúde dos Açores informou hoje que, nas últimas 24 horas, não houve registo de novos casos positivos de covid-19 na região, tendo recuperado da doença três doentes.

Assim, os Açores contam hoje com 56 casos ativos, sendo 47 em São Miguel, oito no Pico e um no Faial.

Desde o início da pandemia já foram diagnosticados 3.839 casos positivos nos Açores, tendo recuperado da doença 3.649 pessoas e 29 morreram.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.