“Devido aos problemas de saúde crónicos que enfrenta no sistema respiratório, a condição requer agora atenção médica num hospital”, disse a OLP, citada pela agência noticiosa Efe.

Em 09 de outubro, o próprio Erekat, 65 anos, anunciou ter testado positivo ao coronavírus SARS-Cov-2. Dias antes, o responsável tinha estado num encontro com o Presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, 84 anos, que testou negativo.

Erekat, antigo negociador-chefe e arquiteto dos Acordos de Oslo (1993-1995) com Israel, sofreu um ataque cardíaco em 2012 e recebeu um transplante pulmonar em 2017.

A membro do Comité Executivo da OLP Hanan Ashrawi, 74 anos, também contraiu o coronavírus há cerca de uma semana, o que levou à suspensão dos seus compromissos oficiais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.