“Estão infetados todos os utentes [25 utentes] e 11 funcionários do Lar João José Le Cocq, da Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide”, disse.

De acordo com o autarca, o surto de covid-19 foi detetado no domingo e os utentes vão permanecer isolados na instituição a aguardar nova bateria de testes.

“Uma vez que estão todos [utentes] infetados, optou-se por não serem retirados da instituição”, acrescentou.

Contactado pela Lusa, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide, João Filomeno, explicou que a instituição conta com “20 a 21 funcionários” ao serviço naquela valência, sendo nesta altura a falta de mão de obra outro dos problemas que enfrentam.

“Estamos a testar os outros lares, não há notícia de casos positivos. A principal dificuldade é agora dar resposta, a Segurança Social vai ajudar e vamos ter de arranjar aqui pessoas, mas é sempre difícil”, disse.

De acordo com o relatório publicado hoje pela Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), na sua página na Internet, o distrito de Portalegre conta com um total de 27 mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia.

No documento é referido que o distrito regista 663 casos ativos, 729 casos recuperados e 36 pessoas internadas nas unidades hospitalares da região.

A lista de casos ativos é liderada pelo concelho de Portalegre, com 270 casos. Seguem-se Elvas, com 55 casos ativos, Nisa (51), Crato (46), Gavião (45), Marvão (43), Castelo de Vide (42), Alter do Chão (33), Campo Maior (21), Arronches (14), Ponte de Sor (14) e Avis, com 10 casos ativos.

O concelho de Fronteira apresenta nove casos ativos e Monforte oito. O concelho de Sousel não apresenta hoje qualquer caso ativo.

A ULSNA indica que foram feitos até hoje 31.786 testes de diagnóstico no distrito.

Em Portugal, morreram 4.963 pessoas dos 322.474 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.