De acordo com Rogério Belo, o surto no lar Joaquim Maria da Costa infetou pelo menos “27 utentes, nove funcionários e a própria provedora da Santa Casa da Misericórdia de Montalvão”, que gere aquele equipamento.

“Os utentes infetados” com o novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, “estão isolados e foi contratada uma equipa de reforço, para ajudar nos trabalhos do lar”, acrescentou.

O presidente da Junta de Freguesia de Montalvão, indicou ainda que se suspeita que, na comunidade, possam existir mais pessoas infetadas e defendeu uma operação de testagem por parte das autoridades de Saúde aos 200 residentes naquela freguesia.

Contactada pela Lusa, a presidente da Câmara de Nisa, Idalina Trindade, avançou que a população de Montalvão vai ser testada na quinta-feira, a partir das 14:30, no mercado coberto daquela freguesia.

A autarca recordou ainda que já foi testada, no início desta semana, “metade” dos funcionários do município, decorrendo também na quinta-feira ações de testagem aos demais funcionários e colaboradores.

A covid-19 provocou pelo menos 5.165.289 mortes em todo o mundo, entre mais de 258,29 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.