Segundo o Expresso, seis pessoas da mesma família, incluíndo um bebé de dois meses, testaram positivo à covid-19, em Armação de Pêra. O primeiro caso positivo foi detetado a semana passada, numa jovem que trabalhava durante o verão numa gelataria. Os colegas de trabalho foram testados e todos acusaram negativo. A gelataria foi encerrada para higienização, mas já reabriu com novos funcionários. Os anteriores estão em quarentena para garantir que não há contágios por falsos negativos.

Escreve o jornal que a jovem provocou a contaminação de mais cinco pessoas, que vivem na mesma moradia de dois andares, onde mora um total de 12 pessoas. Um dos casos positivos é uma mulher que trabalhava num restaurante em Armação de Pêra. Todos os restantes funcionários testaram negativo, mas o restaurante ainda se mantém encerrado para cumprir os 14 dias de quarentena.

"A delegada de saúde procedeu a uma reorganização das pessoas na habitação, de forma a evitar mais contágios, o que foi facilitado por se tratar de uma moradia de dois andares, que dispõe de área ao ar livre" , referiu o presidente da Junta de Freguesia, Ricardo Pinto, ao Expresso. Além disso, a GNR tem passado pela moradia — que está afastada do centro da localidade — para garantir que são cumpridas as regras de isolamento e os cuidados obrigatórios daqueles que saem de casa.

A situação causou preocupação, considerando a época com um maior fluxo turístico na região. Todavia, o presidente da Junta de Freguesia garante que "os estabelecimentos cumpriam as regras de segurança, como se prova pelo facto dos colegas das pessoas infetadas terem testado negativo".

Até ao momento não foram detetados mais casos na localidade algarvia e Ricardo Pinto refere que "este pequeno surto está controlado".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.