Segundo a mesma fonte, caso seja necessário para os profissionais de saúde, mais desinfetante pode ser preparado na própria Universidade e entregue.

A entrega de desinfetante faz parte da resposta da Universidade de Aveiro (UA) a um repto lançado pelo Centro Hospitalar do Baixo Vouga, que integra os hospitais de Aveiro, Águeda e Estarreja, para a doação de consumíveis necessários ao combate à Covid-19.

“Respondemos positivamente a um repto do Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV) que pediu a cedência de alguns materiais de proteção. A comunidade da UA respondeu de imediato e continua a ajudar e a estar disponível para ajudar no que for necessário”, declarou Artur Silva, vice-reitor da Universidade de Aveiro para a área da investigação.

De acordo com o vice-reitor, “a UA tem contribuído com tudo o que tem e pode” para ajudar o Hospital de Aveiro face ao novo coronavírus.

Além da produção e entrega de desinfetante, a Academia respondeu ao pedido de entrega de material de proteção para o corpo clínico do Hospital de Aveiro com a entrega das batas, máscaras e luvas armazenadas nos Departamentos de Química, de Biologia, de Ambiente, na Escola Superior de Saúde da UA e ECOMARE, assim como em diversas Unidades de Investigação (CESAM, CICECO, LAQV_REQUIMTE-Aveiro).

De acordo com o último boletim epidemiológico da pandemia da Covid-19 divulgado hoje, Portugal regista duas mortes de pessoas infetadas com o novo coronavírus.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que os contabilizados na terça-feira. No entanto, este número baseia-se na confirmação de três casos positivos nos Açores, mas a Autoridade de Saúde Regional, contactada pela Lusa, sublinhou serem dois os casos positivos na região e adiantou estar em contactos para se corrigir a informação avançada pela DGS, baixando assim para 641.

De acordo com a informação divulgada sobre a situação epidemiológica de Covid-19 em Portugal, desde 1 de janeiro foram registados 5.067 casos suspeitos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.