De acordo com uma comunicação do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, a Urgência Pediátrica vai reabrir a partir das 08:00 e até às 20:00, “horário que se manterá até novas indicações”.

“A partir das 08:00 de amanhã, dia 09 de abril, e com toda a segurança, já é possível reabrir o Serviço, ainda que com um horário reduzido”, garante a administração hospitalar.

Segundo esclarece, as crianças que necessitarem de cuidados de urgência “devem, como habitualmente, dirigir-se ao Serviço de Urgência”, fazendo a inscrição em dois espaços distintos, consoante o caso.

“Se vierem encaminhadas pela Saúde 24 ou pelo médico de família com suspeição de infeção pelo coronavírus ou se tiverem sintomas de febre, dores de cabeça e/ou dificuldades respiratórias, farão a sua inscrição na janela exterior, com a inscrição ADMISSÕES COVID, e serão reencaminhadas para a triagem no interior da Urgência Pediátrica”, descreve.

Se as crianças “não tiverem esses sintomas e vierem por outros motivos, deverão fazer a inscrição no interior da Serviço de Urgência de Adultos e devem dirigir-se, pelo exterior, até ao complexo da Consulta Externa de Pediatria”, completa.

O Centro Hospitalar esclarece ainda que a linha de Apoio à Criança Doente, criada aquando do encerramento da Urgência Pediátrica, continuará em funcionamento das 09:00 às 24:00, pelo número 934 062 237 ou e-mail sos.pediatria.aveiro@chbv.min-saude.pt, sendo aconselhada a sua utilização “sempre que haja dúvidas sobre a necessidade de se deslocar ao Serviço de Urgência”.

O Serviço de Urgência Pediátrica, do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, encerrou a 17 de março, devido à covid-19 confirmada em alguns profissionais da equipa de Pediatria.

Em Portugal, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 380 mortes, mais 35 do que na véspera (+10,1%), e 13.141 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 699 em relação a terça-feira (+5,6%).

Dos infetados, 1.211 estão internados, 245 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 196 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, depois do prolongamento aprovado na quinta-feira na Assembleia da República.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 de março o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.