Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, o município presidido por Vítor Pereira sublinha que o anuncio foi feito pelo autarca durante uma reunião com os empresários e comerciantes do concelho, na qual foram debatidas medidas para revitalizar e dinamizar o comércio local.

A medida abrange não só o estacionamento à superfície como o siloauto municipal.

"Se a decisão de isentar o pagamento do estacionamento à superfície e no silo se justificava por motivos de higiene e segurança pública face à pandemia de covid-19, este alargamento até 06 de janeiro do próximo ano tem como objetivo primordial ajudar e dinamizar o comércio tradicional, nesta fase de progressivo regresso à normalidade", justifica Vítor Pereira, citado no comunicado.

A informação também ressalva que a proposta vai ser deliberada na próxima reunião pública do executivo.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 375 mil mortos e infetou mais de 6,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.436 pessoas das 32.895 confirmadas como infetadas, e há 19.869 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.