A derrocada deu-se para o perímetro interior do edifício, que está localizado no cruzamento entre a rua Andrade Corvo e a avenida Fontes Pereira Pereira de Melo (lado direito de quem segue na direção do Marquês de Pombal para o Saldanha), e não para a via, informou o chefe do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB) de Lisboa ao SAPO24.

A circulação dos peões na rua está condicionada ao passeio do lado oposto ao do prédio em ruínas. A via está fechada ao trânsito.

O alerta foi recebido às 16h55, segundo a mesma fonte.

No local, cerca das 18h20, encontravam-se cinco elementos do RSB, apoiados por três viaturas, dois elementos da Proteção Civil e dois elementos da Polícia Municipal.

Os técnicos da Câmara Municipal de Lisboa são aguardados no local, para avaliar a situação.

Não há ainda uma previsão de hora para a reabertura da rua e da entrada do metro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.