Um automóvel foi roubado ao início da noite de quinta-feira em Montemor-o-Novo, no distrito de Évora, com um menino de sete anos no seu interior, que foi abandonado em Lisboa, a mais de 100 quilómetros do local do furto, disse à Lusa fonte da GNR.

A criança foi encontrada junto a um restaurante, está bem de saúde, foi entregue aos pais e um homem suspeito do roubo foi detido, revelou a PSP.

"É um indivíduo com antecedentes criminais, ligado ao consumo de estupefacientes, habitualmente residente na zona de Lisboa", adiantou a fonte da PSP à agência Lusa.

A mesma fonte sublinha que o suspeito, que se encontra numa esquadra, aguarda o resultado das diligências em curso para perceber se foi o responsável pelo crime.

"Há uma forte possibilidade de ter sido ele, mas não quer dizer que tenha sido. Há um conjunto de diligências que têm de ser feitas e apuradas", acrescenta a PSP.

O furto do veículo ocorreu junto a um restaurante, onde a viatura estava estacionada, enquanto "a mãe da criança se deslocou ao estabelecimento para ir buscar uma refeição", tendo "deixado o automóvel ligado com a chave na ignição", explicou fonte da GNR.

Segundo fonte da PSP de Lisboa, o rapaz foi deixado junto ao restaurante Lagar do Xisto, na avenida Columbano Bordalo Pinheiro, próximo do Jardim Zoológico, e foi a partir do estabelecimento que as autoridades foram alertadas para a presença do menor.

A mesma fonte refere que a PSP recuperou a viatura, junto à Quinta do Loureiro, na zona de Alcântara, aproximadamente a quatro quilómetros de distância do local onde a criança foi deixada, mas o autor, ou autores do crime, estavam em fuga.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.