De acordo com um comunicado da Guarda Civil (correspondente à GNR portuguesa), foram localizadas e desmanteladas quatro plantações de marijuana com mais de 3.000 plantas e uma grande quantidade de ferramentas foi apreendida.

A operação conjunta realizada pela Guarda Civil e pela Polícia Nacional espanhola permitiu desmantelar “uma complexa rede criminosa” que tinha por base a província de Badajoz, que faz fronteira com Portugal nas regiões de Portalegre e Évora.

Segundo o comunicado, a investigação, que ainda está em segredo de justiça, já levou à detenção de 22 pessoas, “incluindo vários membros das Forças e Corpos de Segurança do Estado” espanhol.

A imprensa local e nacional espanhola avança que se trata de cinco polícias e um guarda civil.

Pela sua parte, a delegada do Governo central na comunidade autónoma da Extremadura, Yolanda García Seco, confirmou que entre os detidos se encontram agentes da Polícia Nacional e um guarda civil.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.