As duas pessoas, cujas nacionalidades não foram divulgadas, foram interpeladas à entrada do terminal de partidas internacionais e levadas para o quartel-general da segurança de Istambul, segundo a agência.

As duas detenções elevam a 16 o número de pessoas colocadas em prisão preventiva no âmbito da investigação ao ataque, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico e cujo autor conseguiu fugir.

Prossegue a caça ao homem na Turquia, com as autoridades à procura do autor do atentado, entretanto reivindicado pelo autoproclamado Estado Islâmico. Esta segunda-feira, dia 2, a polícia antiterrorista de Istambul já havia detido oito pessoas suspeitas de estarem ligadas ao ataque.

O atentado é o mais recente de uma série de ataques terroristas cometidos na Turquia no último ano e meio.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.