Equipamento a rigor, força de vontade e uma pequena multidão concentrada no Parque Eduardo VII. Assim foi celebrado (com um dia de antecedência) o Dia Mundial do Coração - que se comemora a 29 de setembro - pela equipa da Altice Portugal.

Ao mesmo tempo, para um mesmo objetivo, colaboradores da empresa de telecomunicações caminharam em conjunto no âmbito da iniciativa "Caminhar é consigo", distribuídos por 45 locais em todo o país, incluindo os arquipélagos da Madeira e dos Açores. Em Lisboa, foram cerca de 300 os membros da comissão executiva e colaboradores que criaram uma moldura humana e percorreram o Parque Eduardo VII durante cerca de 45 minutos.

Presente no evento em Lisboa, o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, também caminhou e salientou que o objetivo é a promoção de "hábitos de vida mais saudáveis de toda a nossa população e dos nossos colaboradores" bem como o cultivo de "uma proximidade cada vez maior dentro da nossa organização, para termos colaboradores mais felizes, mais saudáveis e, com isso, mais produtivos".

A luta contra o sedentarismo é outra das mensagens que Alexandre Fonseca espera que seja "passada aos mais jovens, aos filhos dos nossos colaboradores, aos netos dos nossos colaboradores, porque hoje temos uma população infantil que está, infelizmente, cada vez mais obesa, cada vez menos adepta da prática de exercício físico e isso é algo que temos claramente que mudar no nosso panorama".

A iniciativa de responsabilidade social atingiu este ano um patamar elevado, com a "participação de 1300 pessoas por todo o país", e contou com figuras conhecidas das áreas do Desporto e da Saúde. Numa altura em que se assinala também a semana europeia do desporto, a campeã olímpica Rosa Mota destacou a importância do exercício físico: "Eu acho que as pessoas vão tendo a consciência da necessidade do 'mexer'. No entanto, se calhar apercebem-se da importância que o exercício tem para o nosso 'coraçãozinho' mas os outros que façam... ainda há muita gente que não faz".

Outra das personalidades que marcou presença foi Graça Freitas, da Direção-Geral da Saúde (DGS), bem como Duarte Magalhães Colaço, Secretário Executivo da Fundação Portuguesa de Cardiologia, que destacaram a promoção da saúde cardiovascular e a importância da existência de campanhas de sensibilização.

"É destas pequenas iniciativas - de grupos, associações recreativas, empresas - que vamos mudar comportamentos ao longo dos anos e sustentadamente. Em Portugal nós somos sedentários, e é isso que nós queremos evitar, porque há estudos que provam que a prática da atividade física implica melhor saúde no presente e também no futuro", destaca a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas.

Aliar o exercício físico ao ar livre é outro dos benefícios para o bem-estar. A antiga ministra da Saúde e candidata às eleições presidenciais de 2016, Maria de Belém, juntou-se à caminhada: "[as caminhadas] são muito boas para a saúde, de maneira que temos de dar esse sinal à sociedade e temos que pedir que as pessoas tentem desfrutar o mais possível de espaço livre, porque faz bem à saúde. Aqui estamos num 'corredorzinho' verde que eu penso que vai ajudar nesse sentido". Maria de Belém considerou também que é necessária uma união entre todos os agentes da sociedade para que seja despertado o interesse na atividade física.

Este ano, o Dia Mundial do Coração tem o lema "O Meu Coração, O Seu Coração" e, com o propósito de reforçar a importância das populações adotarem um estilo de vida saudável, será assinalado com atividades um pouco por todo o país.

De relembrar que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em Portugal. Dados da Fundação Portuguesa de Cardiologia de 2017 revelam que morrem 35 mil portugueses por ano devido a doenças do coração, representando um terço de toda a mortalidade da população em Portugal.

[Nota: O SAPO24 é a marca de informação do Portal SAPO, propriedade da MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., detida pelo Grupo Altice]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.