Localizado perto da ilha britânica de Walney, o parque Walney Extension tem 145 km2 de extensão, com 87 turbinas eólicas capazes de produzir 659 MW e abastecer 600 mil casas, informou o grupo em comunicado.

Além da sua grande superfície, o parque "representa um passo importante na visão da Ørsted de um mundo que funciona inteiramente graças às energias verdes", disse Matthew Wright, chefe da subsidiária britânica.

Walney Extension é o 11º parque eólico offshore que a empresa possui no Reino Unido.

Em mais de dez anos, a Ørsted (antiga Dong Energy) abandonou progressivamente o carvão e o petróleo, que era a sua principal atividade, para favorecer as energias renováveis.

Desde 2006, o grupo reduziu as suas emissões de CO2 em 52% e, em maio de 2017, vendeu as suas atividades de produção de petróleo e gás para a empresa suíça Ineos.

Em junho, a Ørsted também anunciou a sua intenção de vender as atividades de distribuição de eletricidade na Dinamarca para se concentrar no mercado internacional de energia renovável.

O parque Walney Extension é propriedade da Ørsted (50%) e dos fundos de pensão dinamarqueses PKA (25%) e PFA (25%).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.