De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorros (CDOS) de Faro, um dos corpos, o de uma mulher, com cerca de 50 anos, foi detetado à deriva no mar junto à Praia do Porto de Mós, tendo o alerta sido dado por volta das 07:00.

O outro corpo, o de um homem, que aparenta ter entre 50 e 60 anos, foi encontrado pelas 09:55, também no mar, junto à praia do Canavial, situada próximo da praia onde foi encontrada a primeira vítima.

Segundo a fonte do CDOS, as causas da morte não foram determinadas, embora, aparentemente, possam ter resultado de afogamento.

O Capitão do Porto de Lagos, Conceição Duarte, disse à Lusa que “não são conhecidos elementos de identificação das vítimas”, acrescentando que perto do local onde foram detetados os corpos, foi encontrado um cão, com identificador (chip), cujo registo tem origem na Noruega.

A Polícia Marítima “está a investigar caso, para determinar as circunstâncias em que ocorreram as duas mortes”.

As operações de resgate envolveram 19 operacionais dos bombeiros de Lagos, Instituto Nacional de Emergência Médica e da Polícia Marítima, apoiados por nove veículos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.