Segundo o Comando Territorial da GNR da Guarda, os suspeitos foram detidos na terça-feira, “perto da fronteira de Vilar Formoso”, no concelho de Almeida, distrito da Guarda.

“Na sequência de um alerta transmitido pelo Comando Territorial de Aveiro a dar conta de um furto de testes de covid-19, numa empresa em Esmoriz, os militares da Guarda encetaram diligências policiais tendo sido possível apurar-se que os suspeitos estavam a deslocar-se para a região de Múrcia, em Espanha”, explica a GNR em comunicado enviado à agência Lusa.

De acordo com a nota, “na sequência da ação, foi desenvolvida uma operação policial e acionados meios de reforço necessários para os intercetar, [o] que viria a acontecer perto da fronteira de Vilar Formoso”.

A operação policial culminou com a detenção dos dois homens e com a apreensão de uma viatura, de quatro mil testes de covid-19 e de 675 euros em numerário.

Os detidos vão ser presentes ao Tribunal Judicial de Ovar (Aveiro) para aplicação de medidas de coação, adiantou a fonte.

A ação da GNR contou com o reforço de militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda, do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vilar Formoso, do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Vilar Formoso, do Posto Territorial de Vilar Formoso e do Comando Territorial de Aveiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.