"A vítima, uma idosa de 77 anos, tia do suspeito e iliterada, foi persuadida pelo casal a ir ao banco levantar 100 euros para lhes emprestar. Na dependência bancária foi apresentado aos funcionários um documento de levantamento com a quantia de 55 mil euros", conta a GNR, em comunicado.

Os funcionários "desconfiaram da honestidade do casal e da eventual concordância da idosa quanto à quantia e ligaram para a GNR a denunciar a situação", refere, acrescentando que os militares foram ao banco e detiveram os suspeitos por tentativa de burla.

Segundo a GNR, "foi apurado que, dois dias antes, a senhora já tinha sido enganada pelo mesmo casal", tendo este a convencido a emprestar-lhe um valor diferente daquele que lhe havia pedido.

"Nessa data, os suspeitos levantaram 2.500 euros, dos quais foram recuperados 1.300 euros", acrescenta.

A viatura usada pelos suspeitos foi apreendida. Os detidos foram constituídos arguidos e os factos remetidos para o Tribunal Judicial de Castro Daire.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.