O fogo, que deflagrou às 22:27 de quinta-feira, entrou em fase de resolução (sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) pela 01:10, disse fonte da Proteção Civil à agência Lusa.

O incêndio localizou-se num armazém de frutas e legumes da empresa Nufri.

“Desconhecem-se as causas do incêndio e ainda não foi possível quantificar os danos uma vez que o fogo está dominado, mas ainda não está extinto”, disse à agência Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Segundo a Proteção Civil, os outros armazéns no MARL poderão, em princípio laborar, uma vez que o fogo não se propagou a outros espaços. A ANPC indicou ainda que não há feridos na sequência do incêndio.

Apesar de dominado, o fogo ainda mobilizava, às 07:05, um total de 71 operacionais apoiados por 23 viaturas.

No pique do combate às chamas, chegaram a estar envolvidos 121 operacionais e 41 veículos , juntando bombeiros de várias corporações, como Odivelas, Sacavém e Moscavide.

Notícia atualizada às 07h43

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.